top of page
  • Foto do escritorTherbio Felipe

A revolução do ciclismo feminino

Atualizado: 12 de set. de 2022

Cada dia mais, o mercado de bicicletas está reconhecendo a importância da presença feminina no ciclismo, seja com fins de lazer, mobilidade urbana ou esporte.


Muitos são os novos modelos de bicicletas, componentes e acessórios que assistem a esta demanda específica, dentro da realidade das mulheres e buscando estar à altura de suas reais necessidades.


O volume de usuárias da bicicleta enquanto modal de transporte, por exemplo, aumentou vertiginosamente nos últimos trinta anos.


Não apenas nas metrópoles e grandes cidades do país, mas também pelos interiores dos estados, nas cidades de pequeno e médio porte, nos espaços urbanos e rurais. A grande verdade é que as ciclistas estão dando sua contribuição para a sustentabilidade em todas as suas dimensões.


E isso se deve, em grande escala, às mulheres cicloativistas que revolucionaram o uso das bikes lá nos anos 80/90 do século XX, com especial destaque para a querida Renata Falzoni, com o grupo Night Bikers e a Teresa D’Aprile, com o grupo Saia na Noite, ambas em São Paulo, capital, entre tantas outras que não tiveram visibilidade.


Porém, por todos os cantos do país, o contingente de mulheres ciclistas é vultuoso, e não pode haver limites para garantir a sua segurança e experiência delas. Resumidamente, é tarefa de todos contribuir para estabelecer a normalidade com as “minas” rodando sem suas bikes, felizes e tranquilas.


Não apenas nos centros urbanos junto às ciclovias e ciclofaixas, mas também nos circuitos rurais, onde o cicloturismo oferece paisagens e culturas abertas à diversidade.


No campo do ciclismo competitivo, então, os nomes e títulos são incontáveis, tamanha a força da presença feminina e dos resultados que consolidam as mulheres como a constante revolução no ciclismo.


Não há como deixar de lembrar que elas são responsáveis, também, pelo incentivo e estímulo de novos e novas ciclistas em formação.


A garotada se sente parte deste movimento universal que tem impactado a mobilidade e o esporte. Em torno de tudo o que há, a mulher pode e a sociedade, precisa, tudo garantir.


15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page